pretas potências em movimento

Instagram

Blog

Pesquisas apontam crescimento econômico da população negra no Brasil

Auto-estima e um novo cenário de oportunidades marcam o avanço econômico e social do negro no Brasil. Com 50,7% da população negra – de acordo com o Censo 2010 do IBGE, pesquisas apontam que a nova classe média, formada pelas classes C, D e E, estão consumindo mais e desenvolvendo um papel essencial para a economia do país.

O Instituto Ethos realizou uma pesquisa com as 500 maiores empresas do país para identificar a participação dos negros e pardos no mercado de trabalho. O resultado foi que em 2003 havia uma participação de 23,4% ante 31,1% em 2010 – um aumento significativo. Porém, considerando que os negros ocupam 46% da PEA (População Economicamente Ativa), esses números estão abaixo do esperado.

Uma área que vem crescendo é de empreendedorismo. Só no evento Feira Preta pode-se conferir cerca de cem empreendedores negros que expõem seus produtos voltados para a população negra, de forma a valorizar e fortalecer a cultura e os interesses da população. Entre os empreendimentos negros em evidência, estão a escola de inglês Ebony English, o Coletivo Caçamba, Os Crespos, Cresposim, Pegada Preta, Baoobaa, O Menelick 2o. Ato e Samba Rock na Veia. Cada um com sua vertente de ação cultural está colaborando em demasia para essa nova classe média negra de inclusão e avanços no mercado de trabalho, privilegiando, sobretudo, os jovens.

Comentários: 2

  • Alzira

    Responder 3 de novembro de 201112:14

    Notícia que dá matéria…

  • Neide Diniz

    Responder 9 de janeiro de 201203:02

    Já deu!!! O próximo programa REconhecer traz o tema do empreendedorismo e a Feira Preta é a grande pauta. Sucesso SEMPRE!!!!

Deixe uma resposta