pretas potências em movimento

Instagram

Blog

Saiba como foi a 10ª Feira Cultural Preta no Centro de Exposições Imigrantes

O maior evento de cultura negra da América Latina recebeu cerca de 13 mil pessoas na sua comemoração de 10 anos

No último final de semana, dias 17 e 18 de dezembro, a cidade de São Paulo recebeu a 10ª Feira Cultural Preta – evento tão esperado pela população afro-descendente e todos apreciadores da cultura, história, moda e tradições afro-diaspóricas.

No sábado, com início às 13h, o Centro de Exposições Imigrantes recebeu diversas atrações culturais. Subiram ao Palco Principal A Banca, a cantora Izzy Gordon com sua voz encantadora, Opanijé falando de ancestralidade com musicalidade rap, Fernando Ébano e Criolo que levantaram o público. Na intervenção teatral, estava presente a Cia. Os Crespos vendendo sonhos.

  • Veja vídeo-clipe de Izzy Gordon – realização Catraca Livre

Já no domingo, último dia de evento, que recebeu cerca de 13 mil  pessoas, estavam presentes o saxofonista Gary Brown que recebeu Ellen Oléria, Walmir Borges e Thulla Melo. Clube do Balanço com participação de Wilson Simoninha e Lino Krizz que cantou ao lado de Mano Brown.

Os grupos Umoja e Gumboot Dance Brasil também fizeram parte da festa levando a dança e a musicalidade africana para o evento. Para dar início à festa, no domingo, aconteceu o ato ecumênico inter-religioso com Pai Francisco, Padre Ennes e Pastora Daniela Zeidan.

As salas de reflexão, literatura e cinema, nos dois dias de evento, foram palco para debates e discussões sob curadorias de Quilombhoje e Estimativa Ong. Entre os nomes que estiveram presentes, estava Jeferson De.

Outra atração que arrancou gritos e aplausos do público foi o desfile da Marca Feira Preta, realizado pela estilista Bruna Battys. O desfile-performance apresentou a nova coleção primavera-verão feminino, masculino e infantil.

  • Veja algumas fotos do desfile Deusa do Ébano – por Ligiane Braga

Como todos os anos de Feira Preta o samba e samba rock fazem sucesso, este ano não foi diferente. Houve apresentações do grupo Amigos do João e Yara Rocha no samba e o Clube do Samba Rock comandou o samba rock nos dois dias de Feira Cultural Preta. Já a black music e R&B foram comandadas pela a equipe do Zezão Eventos.

Os Djs Easy Nylon, Puff, MF e D Jovens fizeram a alegria do Palco Principal. Toda esta festa ficou sob apresentação do mestre de cerimônias Max DMN que acompanha a Feira Preta desde seu início.

O Instituto Feira Preta e todos seus realizadores agradecem os convidados e participantes deste ano. Que venha mais uma década de realizações e alegrias na Feira Cultural Preta!

Sem comentários

Deixe uma resposta